Sopa e vinho, combinam?

Com a chegada do inverno, já bate aquela vontade de tomar uma sopa ou caldo cremoso e quentinho. Mas você já pensou em combinar sopa e vinho? Pois as duas iguarias casam muito bem, ainda mais nas baixas temperaturas. Porém para explorar o melhor dessa combinação é preciso levar em conta as características de cada prato e de cada rótulo. Cada sopa tem características que mudam dependendo da quantidade de cada ingrediente e da receita escolhida. Além disso, cada uva tem suas próprias características, que podem ser ressaltadas ou ofuscadas de acordo com a receita. Entretanto, uma boa dica é escolher seu vinho favorito, assim você já sabe das qualidades dele, e a partir daí escolher uma sopa ou caldo.
Apesar de todas as variações, segue algumas dicas para não errar: A sopa de legumes, se optar por um caldo de aspecto mais leve, escolha vinhos tintos igualmente leves. Boas pedidas são o Pinot Noir e o Merlot. Para um caldo de galinha, os sabores delicados e leves deste tipo de sopa vão bem com um bom Chardonnay, que passou um tempo por madeira. Se a receita for um caldo de feijão escolha vinhos com boa acidez. Porém, antes de procurar o seu rótulo, fique atento se os tintos possuem corpo leve e se os brancos são macios e afinados.
Para finalizar, uma última dica.
Escolha vinhos de bom teor alcoólico pois eles resistem com melhor facilidade a temperaturas mais altas como os fortificados com textura e intensidade de sabores compatíveis com o prato.
Pronto, agora você pode se aquecer no inverno com uma ótima sopa sem deixar seu vinho de lado.

Compartilhe